Deputada volta a exigir implantação de leitos de UTI para o tratamento da Covid-19 em Itabaiana

A deputada Maria Mendonça (PSDB) ratificou hoje (8) o seu apelo ao governador Belivaldo Chagas para que garanta a implantação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Regional Doutor Pedro Garcia Moreno Filho, localizado em Itabaiana. 

 "O nosso município é um dos mais populosos do Estado, mas não temos, sequer, um leito de UTI para pacientes infectados pela Covid. Os itabaianenses continuam sendo infectados e estão largados à própria sorte. Mais uma vez afirmo: é hora de unirmos forças, pois todas as vidas importam e precisam ser salvas", defendeu, em pronunciamento na Assembleia Legislativa.

A parlamentar, também, voltou a cobrar ao prefeito de Itabaiana Adailton Souza, a colocação de barreiras sanitárias e a testagem da população, enquanto a vacina não é disponibilizada para toda a comunidade. "O enfrentamento à disseminação do vírus deve ser responsabilidade de todos, sobretudo, dos governos estadual e municipal”, disse, completando que “esse vírus tem matado impiedosamente e o nosso povo está desassistido. Esse quadro tem piorado, não por negligência da minha parte, como alguns vêm propagando".


Maria confessou que, sem qualquer tipo de promoção pessoal ou publicidade, tem feito a parte que lhe cabe. “Por diversas vezes, telefonei para a secretária Mércia Feitoza para resolver problemas e demandas que chegaram até a mim. Nem todas foram atendidas, mas não deixei de fazer a cobrança, de buscar viabilizar o que fosse possível. De igual modo, tenho feito em relação à instalação de UTI’s. O meu papel como deputada, tem sido feito com muito zelo e respeito ao nosso povo”, disse.

 

Valores inegociáveis  

Desde o início da pandemia, Maria já apresentou diversas proposituras sugerindo ações de enfrentamento ao coronavírus. "Ao longo desses 15 meses, fizemos inúmeras cobranças para que essas nossas iniciativas, algumas delas já aprovadas, fossem executadas. Em meio a toda essa tempestade que estamos vivendo, mesmo diante da necessidade de mantermos o isolamento social, temos trabalhado para que todos os sergipanos e, em especial, os itabaianenses, tenham garantido o direito a uma assistência de saúde digna", frisou Maria.

Maria rechaçou a pecha de “negociadora”.  “Sei dizer sim e dizer não, com a mesma tranquilidade. Uma coisa é certa, os meus valores éticos e morais, fruto do legado deixado pelos meus pais, são inegociáveis”, destacou a deputada, para quem todos os sergipanos merecem ter leitos de UTI à sua disposição, bem como devem ser protegidos pelo Poder Público com medidas que diminuam a propagação do vírus. "Infelizmente, a cada dia, um grande número de pessoas são infectadas. Vidas têm sido ceifadas pelo coronavírus e, por isso, a assistência e estruturas adequadas não podem ser negligenciadas. O Estado tem o dever constitucional de cuidar do povo", ressaltou.

Ao se solidarizar com as famílias que perderam entes queridos, Maria disse que nunca esteve alheia ao problema. "Eu sei bem o quanto todos estamos sendo afetados por essa pandemia horrível. Também perdi pessoas próximas e tive familiares que contraíram a Covid-19. Neste exato momento, um dos meus primos está intubado, lutando pela vida", revelou ela.



DE OLHO NO INSTAGRAM