Servidoras da Assembleia são homenageadas com a Medalha Quintina Diniz

Em sessão especial realizada na manhã desta quinta-feira, dia 15, a Assembleia Legislativa de Sergipe fez a entrega da Medalha Deputada Quintina Diniz. A homenagem foi uma propositura das deputadas Angélica Guimarães (PSC), Conceição Vieira (PT), Susana Azevedo (PSC), Goretti Reis (DEM), Maria Mendonça (PSB) e Ana Lúcia (PT). Foram agraciadas com a medalha as servidoras Ana Maria da Silva Miranda, da Diretoria de Atenção à Saúde; Cilene Luduvice Bispo de Carvalho, do Núcleo de Arquivo; Maria Elia Lima Poderoso, da Assistência ao Plenário; Marlene Dantas Freire Barreto, da Diretoria de Atenção à Saúde; e Rosa Maria Oliveira Freire, do Registro e Taquigrafia. A sessão foi presidida pela presidente da Casa, a deputada Angélica Guimarães. Familiares, amigos e parlamentares prestigiaram a sessão especial.


As homenageadas registraram a alegria em receberem a medalha, como prova de reconhecimento pelos anos de trabalho desenvolvido no Parlamento estadual. Cilene Luduvice de Carvalho é servidora do Estado há 33 anos e desde 1984 está na Assembleia. Ela destacou a alegria em estar recebendo a homenagem. "Nesse tempo que estou aqui, a presidente Angélica Guimarães foi a única que fez essa homenagem às funcionárias da casa. Estou muito feliz e honrada por ter sido uma das escolhidas para receber a medalha de uma presidente da Casa mulher, num país que tem uma mulher como presidente. É uma honra", frisou.

Para Ana Maria Miranda, é um prestígio receber a homenagem, depois de mais de 20 anos servindo aqui. "Para mim, é uma honra muito grande e agradeço à presidente, à comissão que concedeu a medalha e aos demais deputados que fazem parte da Mesa Diretora", disse. Marlene Dantas Barreto também destacou a felicidade pelo reconhecimento. "Estou me sentido muito alegre pelos 35 anos que trabalho aqui e é a primeira vez que sou homenageada. Estou me sentindo o máximo e agradeço às pessoas pelo convite e aos que organizaram a homenagem", revelou.

A servidora da Taquigrafia da Casa Rosa Maria Oliveira Freire estava emocionada por receber a homenagem, principalmente diante do momento que passa em sua vida. Há 42 anos trabalhando na Assembleia Legislativa, ela disse que é um reconhecimento receber a Medalha Quintina Diniz. "Gosto muito do meu serviço, faço por prazer e vocação. E mesmo passando por um momento difícil, não poderia deixar de vir para receber essa homenagem que é um reconhecimento do local onde dediquei grande parte de minha vida, vinda de uma presidente que tem uma atenção tão grande por nós", disse.

A homenageada Maria Elia Poderoso, servidora há 17 anos, não pode comparecer à sessão especial, por motivos superiores. A medalha será entregue pela Assembleia Legislativa em data posterior. Durante a sessão especial, as deputadas também foram homenageadas com buquês de flores, entregues pelos colegas parlamentares. Homenagem estendida às mulheres presentes ao plenário, que receberam botões de rosa.

 


DE OLHO NO INSTAGRAM