Maria Mendonça destaca importância da visita hospitalar virtual


A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) parabenizou dirigentes e equipes técnicas dos hospitais que já adotaram a visita hospitalar virtual para garantir mais conforto aos pacientes e familiares que, por conta da pandemia da Covid-19 precisam ficar ainda mais isolados. No início do mês passado, ela deu entrada no Projeto de Lei 145/2020, propondo, exatamente, que o Governo do Estado instituísse um programa de visita hospitalar virtual na rede pública de saúde, enquanto perdurar essa crise provocada pelo coronavírus.


“Infelizmente, a matéria foi protocolada, mas ainda não foi pautada pela mesa diretora da Assembleia Legislativa. No entanto, ficamos felizes que alguns hospitais, como o Cirurgia, o Universitário e o Hospital de Estância já estejam com essa modalidade, garantindo que enfermos e familiares se sintam mais próximos e fortalecidos emocionalmente, o que faz toda diferença”, disse Maria, ao ratificar o seu pedido de celeridade para que as matérias dos deputados sejam apreciadas com celeridade. “Nós temos diversas proposituras, muitas relacionadas a ações de enfrentamento ao Covid-19, protocoladas no início da pandemia e, até gora, sequer foram pautadas. É lamentável”.      


A parlamentar espera que a sua propositura seja aprovada e o Governo, efetivamente, possa implementar o programa em todas as unidades hospitalares do Estado de Sergipe. “Essa aproximação, mesmo que não seja física, o olhar e o carinho de um familiar, sem dúvida, dão forças ao paciente e o ajuda no processo de recuperação”, afirmou. 


Para evitar despesas para os cofres públicos, Maria propôs que fossem abertos canais de doações visando conseguir os equipamentos para a realização das videoconferências, através de empresas, instituições do terceiro setor e cidadãos que desejam contribuir.


Outra alternativa apontada por Maria é a doação de equipamentos apreendidos em operações policias, de modo a não precisar usar recursos públicos considerando as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado.


 



DE OLHO NO INSTAGRAM