Maria aplaude pais do primeiro bebê sergipano doador de órgãos

A deputada Maria Mendonça (PSDB) protocolou Moção de Aplausos, direcionada aos pais que autorizaram a doação dos órgãos de seu filho, um bebê de um mês e sete dias, e aos profissionais da saúde envolvidos nos procedimentos para a doação. "Queria parabenizá-los, pois, embora sentindo a dor imensurável de perder um filho, tiveram esse gesto altruísta de poder salvar outras vidas", afirmou, ressaltando que os profissionais de saúde foram competentes e sensíveis no processo.  


 
Maria contou que a pandemia da Covid-19 fez com que o número de doações de órgãos caísse e, consequentemente, com que a lista de pacientes na fila de espera aumentasse.  "Esse setor já enfrenta algumas dificuldades em relação a números. É comum que as pessoas não se preocupem com esse assunto, ainda em vida, ou não estejam conscientizadas a respeito dele, o que dificulta a tomada de decisões para a autorização da doação de órgãos", explicou, ressaltando que "tenho certeza que o diálogo mantido com os familiares acerca da importância da doação de órgãos e/ou de tecidos faz toda a diferença". 


Para ela, a atitude dos pais do bebê, além de evidenciar extrema solidariedade, pode servir de incentivo para outras pessoas adotarem a mesma postura e, assim, possibilitar que menos vidas sejam perdidas. "Gestos como esse merecem não apenas serem reconhecidos, mas também, propagados para que possam estimular outros a participarem dessa corrente do bem. Doar órgãos é algo nobre, que faz com que, mesmo depois de darmos nosso último suspiro, um pedacinho de nós continue vivendo e ajudando alguém", destacou Maria. 



DE OLHO NO INSTAGRAM