Indicação sugere implantação de política pública voltada ao diagnóstico e tratamento da depressão

A Assembleia Legislativa aprovou, no início da noite de ontem, a Indicação 583/2020 da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), solicitando ao Governo do Estado que promova a política pública destinada ao diagnóstico e tratamento da síndrome da depressão nas redes públicas de saúde de Sergipe.

O assunto foi tratado recentemente pela parlamentar através de Projeto de Lei que chegou a ser aprovado pelo Parlamento, mas vetado pelo governador Belivaldo Chagas, sob a alegação de que seria uma iniciativa privativa do Executivo.

“Entendemos ser imprescindível o acompanhamento médico, tanto para o diagnóstico precoce, quanto para o tratamento adequado. A depressão, apontada pela Organização Mundial da Saúde como o mal do século, afeta o emocional das pessoas e pode levar à morte”, ponderou a deputada.    

Para ela, o desconhecimento acerca da doença leva o indivíduo a sofrer duplamente, uma vez que ao protelar a busca por ajuda médica, os sintomas acabam se agravando e gerando mais dor ao paciente. “O tratamento de forma precoce e eficaz ameniza os sintomas, por isso é importante a instituição de um política pública”, defendeu Maria.



DE OLHO NO INSTAGRAM