Deputada pede melhoria na prestação do serviço e sugere que Deso reveja valor da tarifa

Diante dos diversos transtornos causados à população no que diz respeito ao desabastecimento de água, a deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) pediu que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) melhorasse a qualidade da prestação do serviço, bem como reavaliasse o valor da tarifa, elevado há cerca de dois meses. As solicitações foram feitas através da Indicação 110/2020, já aprovada pela Assembleia Legislativa de Sergipe.


 “A falta de água é um problema que afeta, praticamente, todo o Estado de Sergipe. O aumento do valor da tarifa, neste momento, é no mínimo ofensivo e constrangedor, especialmente, quando a população não tem acesso a um serviço de qualidade e que atenda às suas reais necessidades”, afirmou Maria, observando que não há certeza de que a nova tarifa virá acompanhada da melhoria do trabalho prestado.


No seu entender, há inúmeras falhas na entrega dos serviços oferecidos pela Companhia, assim como faltam critérios técnicos que justifiquem a real necessidade de algumas ações como, por exemplo, o grande desperdício de água que ocorre quando a empresa precisa fazer manutenção e reparo do sistema de abastecimento.


Maria Mendonça citou como exemplo o que ocorreu no município de Laranjeiras, no final de fevereiro, onde a comunidade ficou desabastecida por cerca de cinco dias, enquanto a água jorrava em virtude de um conserto que estava sendo feito numa caixa d’água.


“Água é um produto imprescindível à vida e a concessionária deve oferecê-lo à população com a máxima qualidade e disponibilidade, fazendo jus ao que é cobrado”, salientou.



DE OLHO NO INSTAGRAM