Cidadania Digital: deputada sugere o uso racional e adequado da tecnologia nas escolas

Com o objetivo de incentivar a cidadania por meio do comportamento adequado, responsável e saudável, relacionado ao uso da tecnologia, a deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) protocolou, na Assembleia Legislativa, um Projeto de Lei que sugere a instituição do Programa Cidadania Digital. A iniciativa pode ser implementada a partir da adesão das escolas públicas e privadas de educação básica, no âmbito do Estado de Sergipe.

O objetivo é fomentar a filtragem do acesso à Internet no ambiente escolar, a fim de impedir a visualização de conteúdo prejudicial ou inadequado por alunos e funcionários da escola; incentivar o comportamento responsável, incluindo alfabetização digital, ética, segurança e conscientização dos perigos do uso excessivo; bem como educar a comunidade escolar para a utilização segura de tecnologia e promoção da cidadania digital.

“É nosso propósito, também, incentivar os pais a ensinar os seus filhos a usar a Internet com segurança”, afirmou a deputada, que está de licença médica em decorrência de um procedimento cirúrgico ao qual foi submetida. No seu entendimento, o processo de educação para a utilização segura de tecnologia poderá capacitar os alunos a fazerem as melhores escolhas on-line.

A deputada salientou que o Programa Cidadania Digital pode ser desenvolvido através da promoção e orientações, em tempo real, para professores que desejam compartilhar informações, ouvir dicas sobre como trabalhar os conteúdos em sala de aula e tirar dúvidas com psicólogos, por exemplo, sobre formas de lidar com casos de cyberbullying, exposição dos alunos na internet, entre outros.

Também pode ser usado para a oferta de cursos de formação de professores, com foco no uso apropriado da internet em sala de aula, palestras e oficinas com temáticas envolvendo prevenção a violações contra direitos humanos nas mídias on; além da realização de palestras, encontros e seminários com o objetivo de fomentar o uso responsável da internet relacionados a temas cotidianos, como crimes cibernéticos, fake news,  superexposição nas redes e proteção da privacidade.



DE OLHO NO INSTAGRAM