Maria Volta defender Carreira do Magistério

A deputada Maria Mendonça (PSB) em aparte ao pronunciamento da deputada Ana Lúcia (PT) voltou a defender a carreira do magistério estadual que segundo a parlamentar foi rasgada quando da aprovação do projeto enviado pelo governo do estado no final do ano passado e que teve o voto contrário da deputada.


Para Maria os dados apresentados pela deputada Ana Lúcia sobre as incongruências nos dados de folha de pagamento de professores e servidores da Educação são dados preocupantes e estarrecedores.

"A partir da aprovação daquela lei, a Carreira do profissional do Magistério foi totalmente destruída. As perdas apresentadas pelos educadores são enormes. O professor sente-se desestimulado com essa diferenciação que há. A formação dos professores vem de iniciativa própria e com a diferenciação não há estímulo para a qualificação", disse.

"Essa lei foi criada apenas para prejudicar, por isso, votei contra e vou continuar defendendo que essa lei deve ser extinta na sua totalidade para que os nossos educadores e educadoras possam ter a tranqüilidade necessária de realizarem os seus trabalhos e de buscarem cada vez mais se qualificar. Entendo que o maior pilar na construção de uma sociedade é a educação. A questão é de prioridade e não pode ficar somente no debate", enfatizou Maria Mendonça.

 


DE OLHO NO INSTAGRAM