Maria sobre o Hospital do Câncer: "É um momento de alegria para todos os Sergipanos"

O governador Marcelo Déda obteve do ministro Alexandra Padilha, da Saúde, a garantia de liberação de recursos para a construção do Hospital do Câncer e do Centro de Reabilitação de Pessoas com Deficiência. Na audiência, nesta quarta-feira, 26, em Brasília, Padilha confirmou a liberação dos recursos de R$ 18,6 e R$ 14,6 milhões, respectivamente, provenientes de emendas coletivas da bancada federal de Sergipe no Orçamento da União.

"É um salto de qualidade nas políticas sociais de Sergipe, desta vez na saúde", comemorou Déda, que agradeceu ao senador Eduardo Amorim, autor inicial da emenda parlamentar do Hospital do Câncer. O vice-governador Jackson Barreto, então deputado, foi o primeiro signatário da emenda do Centro. "O governo federal transformou-se em parceiro desta iniciativa", disse o governador.

Segundo o senador Eduardo Amorim (PSC), o anúncio, representa uma luta travada desde 1960. Inúmeros médicos sergipanos mobilizaram a ideia, discutiam o projeto e ao longo dos anos esse momento não foi alcançado. "Valeu o trabalho em conjunto da bancada, que mostra capacidade de entendimento dos problemas imediatos de Sergipe. Valeu, também, cada assinatura das pessoas que saíram das suas casas para manifestar apoio à campanha ‘Unidos pela Vida'. A luta não terminou. Demos um passo importante e vamos continuar presentes nessa batalha pela vida", completou Amorim.

Para a Deputada Maria Mendonça é um momento de alegria para todos os Sergipanos. "Para Sergipe é uma grande conquista, independente de quem foi à idéia, nós precisamos valorizar essa idéia e garantir a oportunidade de todos os sergipanos acometidos por essa doença que sejam tratados com dignidade. Parabéns ao Governador Marcelo Deda, ao Senador Eduardo Amorim e todos os sergipanos por essa maravilhosa vitória", comemorou Maria.

 


DE OLHO NO INSTAGRAM