Maria Mendonça destaca tema da Campanha da Fraternidade

A deputada estadual Maria Mendonça usou a tribuna nesta quarta-feira, 4, para destacar o tema da Campanha da Fraternidade 2012, 'Que a saúde se difunda sobre a terra'. A parlamentar elogiou a escolha da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que incentiva a população a se inserir nesse tema. "Essa casa tem papel fundamental na conscientização da sociedade. A saúde no nosso país precisa melhorar e nosso papel como parlamentar é difundir e garantir o que diz a Constituição, que a saúde é direito de todos e dever do Estado".

Maria Mendonça disse que o lema da campanha que pede que a saúde se difunda sobre a a terra caracteriza o sentido da fraternidade e mostra as dificuldades que existem na saúde pública. "Quero aproveitar e mostrar o hino da campanha da Fraternidade 2012, pois isso nos levará a uma reflexão, porque para termos saúde, temos que ter educação de qualidade", observou a deputada. Segundo ela, o refrão da música trata da dor, da força, da coragem, do respeito e do amor. "Mostra que a fé salva, a dor pode ser curada. Mas para tudo isso é preciso que cada um, seja solidário, participativo, ajude o próximo a viver melhor e se coloque a serviço do bem".

"Isso ficou fortemente registrado nesse hino. Cada um precisa se reunir com sua comunidade cristã e mostrar o que o mundo espera de você, de nós. O Cristo dá uma resposta nesse tema, que é forte, que é de todos, dos educadores. Todos têm que refletir para buscar uma saúde pública de qualidade", disse Maria Mendonça, que defendeu melhorias na oferta de serviços na área de saúde pública.

O deputado estadual Antônio dos Santos disse que o tema que a Igreja Católica traz para todos os cristão orienta a todos sobre o que fazer para ter saúde de qualidade. "É preciso entender que a lei brasileira impõe limites para os gastos mínimos, mas os gestores estabelecem isso como teto e diz, 'daqui não posso passar'. Os administradores precisam mudar essa visão e oferecer a todos os cidadãos uma saúde de qualidade, que eles merecem", comentou.

Maria Mendonça disse que a saúde preventiva vai evitar um custo maior para os governantes. "Quando se previne, se reduz os gastos com a saúde. Não é admissível ver irmãos passando fome e isso (a prevenção) se dá com politicas públicas integradas", observou a parlamentar. Segundo ela, cada recurso gasto com prevenção, reduz mais gastos com o atendimento.

O vice-líder da oposição, Augusto Bezerra, disse que o tema é importante. "A deputada trouxe imagens de dor. É preciso ter políticas públicas para a saúde. Estamos na Semana Santa e não teríamos um tema mais adequado. O Ministério Público hoje está entrando com várias ações para buscar a melhoria da qualidade no atendimento da saúde, de que trata a Campanha da Fraternidade".

A presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Angélica Guimarães, declarou que a Casa se soma ao tema, que é de grande importância. "Não é surpresa o compromisso do seu mandato com o povo, suas bandeiras de lutas, como a educação. Nessa Casa vossa excelência sempre surpreende. O tema da saúde é apaixonante, mas os nossos governantes têm que ter responsabilidade. A saúde precisa de mais recursos porque a saúde do ser humano não tem preço. Estamos sempre atentos com essa problema. A Páscoa é um momento de fraternidade e pede reflexão do que somos e quem somos para a sociedade e para nosso semelhante".


Com informações da Agência Alese

 


DE OLHO NO INSTAGRAM