Maria Mendonça defende discussão sobre necessidade de preservação do meio ambiente

Na data em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, a deputada Maria Mendonça (PSB) fez pronunciamento no grande expediente da sessão desta quarta-feira, dia 5, para lembrar que essa data foi criada pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1972. Para ela é um marco da abertura da primeira Conferência Mundial que aconteceu em Estocolmo, na Suécia, e reuniu 113 países e 250 organizações não-governamentais.

Segundo a deputada, essa data serve para discutir sobre a poluição do ar, do solo, da água, o desmatamento, a distribuição da camada de ozônio, das espécies vegetais e de florestas, a diminuição da biodiversidade e da água para o consumo humano, entre outros pontos. Maria Mendonça disse que o Brasil é identificado como um dos nove países chave para a sustentabilidade do planeta. "Já é considerado uma superpotência ambiental. E nós sabemos o quanto precisamos preservar este meio ambiente porque os seres vivos só conseguem sobreviver se o meio ambiente estiver cuidado", observou.

Em seu discurso, a deputada disse que um relatório da Unesco apresenta dados assustadores sobre a água. Segundo ele, 1/6 da população mundial, cerca de um bilhão de pessoas, não tem acesso ao fornecimento de água doce. Dos 2,5% de água doce do mundo somente 0,4% está disponível em rios, lagos e aquíferos subterrâneos. "O agravamento da situação com desmatamento, com a poluição ambiental e problemas decorrentes, estima-se que será reduzido em 1/3 o total de água doce disponível no mundo. Veja a gravidade disso", alertou.

Maria Mendonça observou que o maior consumo de água doce é na agricultura, 69%. E como a nossa agricultura adota o sistema de aspersão e se fosse gotejamento consumiria menos água. Ela também ressaltou que, infelizmente, ainda há o uso excessivo de água edifícios e residências com sistemas hidrossanitários gastadores. Além disso, ressaltou, que as pessoas ainda não adotam mínimos hábitos que poderiam garantir o consumo de forma equilibrada. "São cuidados mínimos, mas que são extremamente necessários para que possamos garantir esse consumo de água potável no nosso planeta", disse.

A deputada Maria Mendonça disse que o Brasil tem realizado campanhas esporádicas de consumo consciente de água apenas nos momentos de seca, mas que são abandonadas depois que acaba a seca e os reservatórios estão cheios. "A questão ambiental consegue igualar todas as pessoas no planeta, mas, infelizmente, sabemos que a população ainda não tem uma cultura de preservação", afirmou.

Segundo a parlamentar, 31% das ações movidas pelo Ministério Público Federal (MPF) são para proteger os manguezais, 29% delas dirigidas ao combate da extração ilegal de areia e pedra, 19% dirigidas ao combate de ocupação irregular, 13% para proteção de unidades de conservação e 8% para combater problemas de saneamento que causam impacto no meio ambiente. Maria Mendonça disse que outro ponto que é preciso destacar é a especulação imobiliária, que tem prejudicado muito o meio ambiente.

Ela disse que um exemplo claro aqui em Aracaju é o aterramento dos manguezais. A deputada também destacou que é preciso verificar a situação do saneamento básico, pois a maioria das cidades ainda não possui e isso é necessário para a saúde da população. "Os governantes precisam voltar suas vistas para deflagrar campanhas que possam criar uma cultura no seio da sociedade para se preservar o meio ambiente. Hoje quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente e Ecologia é necessário que esta Casa possa tratar esse tema tão importante", disse.

A deputada Maria Mendonça acrescentou que tem uma indicação de sua autoria para que o governo do Estado possa inscrever Sergipe na Hora do Planeta e possa trabalhar junto aos municípios esta causa, que é um dia em que alguns países do mundo param durante uma hora, apagando as luzes e pensando no planeta e nos cuidados que ele precisa. Ela ressaltou ainda que nessa data o tema precisa ser discutido em todos os espaços.

Agência Alese

 


DE OLHO NO INSTAGRAM