Hora do Planeta é neste Sábado. Participe!

Neste sábado, dia 31, acontece à sexta edição da Hora do Planeta e quarta no Brasil do movimento global da ONG WWF que defende, por meio de uma ação simbólica, que "cada pessoa tem poder de mudar o mundo em que vive". Às 20h30, cidadãos do mundo inteiro vão apagar as luzes e aparelhos elétricos para chamar a atenção para a questão da energia e mudanças climáticas.

A deputada Maria Mendonça fez ao longo dessa semana pronunciamentos na tribuna da assembleia legislativa de Sergipe mostrando a importância de todos participarem. Maria pediu o empenho dos prefeitos do estado de Sergipe para que cada um pudesse encampar a idéia na sua cidade, bem como, solicitou da Presidente da Assembleia, Angélica Guimarães, a adesão do poder legislativo no movimento, o que foi prontamente atendida.

ARACAJU - Em seu segundo ano de participação a cidade vai apagar as luzes, das 20h30 e 21h30 dos prédios públicos, relógio do Parque da Sementeira, Centro Administrativo da Prefeitura, Assembleia Legislativa e Mirante da 13 de julho. Os aracajuanos estão sendo convidados a assistir ao ato simbólico no Mirante do Calçadão da 13 de Julho. Os que lá comparecerem assistirá a apresentação musical do DJ Pango e do Quinteto Sanfônico (composta só por sanfonas) à luz de velas.

Itabaiana - A Prefeitura de Itabaiana percebendo a importância do movimento também vai participar oficialmente pela primeira vez, desligando as luzes dos prédios públicos e do coreto da Praça Fausto Cardoso.


Incentivada pela deputada Maria Mendonça a Universidade Federal de Sergipe, Campus Prof. Alberto Carvalho aderiu ao movimento e engaja-se com toda força para que a Hora do Planeta aconteça em Itabaiana.

A concentração será pela segunda vez na Praça General João Pereira onde teremos a palavra do diretor do Campus da UFS, Marcelo Ennes, apresentações de poesias e a participação do cantor Léo Wander.

"Esse gesto simbólico é, sem sombra de dúvidas, a maior ação mundial voluntária pelo meio ambiente. Com ele pretende-se refletir, não somente sobre o aquecimento global, mas também sobre os problemas ambientais que a humanidade enfrenta e, paradoxalmente, cria. É um gesto simples e de visibilidade que pode ser adotado por todos nós. Simboliza a eficiência e o uso de todos os recursos com inteligência e responsabilidade", enfatiza Maria Mendonça.

 

 


DE OLHO NO INSTAGRAM