Dia Nacional da Mamografia destaca a importância do exame

O câncer de mama é o que mais afeta as mulheres e quanto mais cedo for descoberto, maiores são as chances de cura. No mês em que se comemora o Dia Nacional da Mamografia - 05 de fevereiro -, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta para a necessidade da realização anual do exame a partir dos 40 anos, além do acompanhamento com um mastologista (médico especializado na saúde das mamas).

De acordo com o presidente da SBM, Dr. Carlos Ruiz, o mais comum é as mulheres consultarem o ginecologista e, na descoberta do câncer, o oncologista, porém ele ressalta que a presença do mastologista neste processo é fundamental."O diagnóstico precoce é essencial e determinante na busca pela cura que gira em torno de 95% quando a doença é detectada logo no início", alerta o especialista, acrescentando que a mamografia é o exame mais adequado na identificação prematura dos tumores em nível populacional.

Estudos independentes sobre os dados obtidos em pesquisas mundiais mostram redução de até 35% na mortalidade pela doença em mulheres entre 39 e 69 anos, como resultado do rastreamento mamográfico. "A detecção precoce também pode levar à preservação dos seios na cirurgia de retirada do tumor", afirma Ruiz. Em 2013, esperam-se 52.000 novos casos e 12 mil mortes, segundo levantamento do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Campanha Eu amo meus peitos
A Sociedade Brasileira de Mastologia lançou recentemente a campanha Eu amo meus peitos, com o objetivo de chamar a atenção de todas as mulheres para a importância de cuidar das mamas, mostrando que ela não precisa ter vergonha disso. Com conceito simples e provocativo, a campanha foca a autoestima feminina e destaca o fato de haver muita vida após o câncer.

Mulheres comuns são as estrelas dessa campanha que visa estimular o engajamento, inclusive através de um hotsite que possibilita a publicação de fotos dos peitos de internautas anônimas. Há também a fanpage no Facebook que, junto com o site da entidade, veicula notícias sobre o câncer de mama, servindo de canal de informação para a população tirar dúvidas.

Em campanhas anteriores da SBM, celebridades inspiradoras de comportamentos, capazes de mobilizar a sociedade para o tema, como Ana Maria Braga, Giovana Antonelli, Regina Duarte, Luiza Brunet e outras foram "madrinhas" da campanha e contribuíram para a ação, que sempre privilegia a prestação direta de serviços.

Fonte: Diário Popular

 


DE OLHO NO INSTAGRAM