Deputados estranham Veto às emendas do Proredes

O líder da oposição, deputado estadual Venâncio Fonseca, teceu duras críticas ao governador Jackson Barreto por vetar emendas da oposição ao projeto que garante um empréstimo de US$ 100 milhões junto ao BID, recursos que serão aplicados na Saúde. O parlamentar lamentou ainda o fato do projeto, além dos vetos às emendas, perder o artigo que garantia a destinação dos recursos. Para ele o governo agora fará tudo no escuro.

O Proredes foi aprovado na Assembleia com algumas emendas da oposição e uma delas em comum acordo com a bancada de governo sobre a conta dos recursos ser no Banese. "E hoje vimos no Diário Oficial o veto do governador às nossas emendas. No decorrer da semana teve a divulgação na imprensa que o MPF fez uma recomendação ao BID para que esses recursos não fossem emprestados a Sergipe por não ter condições para administrar a área da Saúde. E que não havia necessidade de tomar esse dinheiro emprestado, pois o dinheiro poderia vir da União sem pagar juros e sem comprometer o FPE", lembrou.

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) disse que o Proredes começou a assustar quando o projeto chegou sem afirmar onde aplicaria os recursos. "Imagine gastar US$ 8 milhões com a pintura de um prédio quando há pessoas desassistidas, corredores de hospitais lotados, sem medicamentos e sem especialistas. Sem dizer onde aplicará os recursos dificulta. Um Governo transparente não veta emenda que dá transparência ao projeto", disse.

Com Informações da Agência Alese

 


DE OLHO NO INSTAGRAM