24 de Novembro: Aracaju terá mutirão contra o câncer da pele

No próximo sábado, 24, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) celebrará o "Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele", com ações que se repetirão anualmente sempre no último sábado de novembro. A data foi criada a fim de solidificar as ações da instituição contra a doença. Há treze anos consecutivos a entidade realiza o Exame Preventivo Gratuito contra o câncer da pele, no qual já foram atendidas mais de 420 mil pessoas. Em 2012, a SBD disponibilizará, mais uma vez, cerca de 1.500 médicos voluntários, além de outros milhares de profissionais da área de saúde, que realizarão atendimento gratuito em 25 dos 26 estados brasileiros.

Serão, ao todo, 144 postos em todo o país que realizarão atendimento simultâneo para análise, diagnóstico e tratamento da doença, em hospitais públicos credenciados e postos de saúde. Nos postos, também estão previstas atividades educativas, como aulas expositivas sobre fotoproteção e sobre como suspeitar do câncer da pele. Em Aracaju, o atendimento será realizado no IPES SAÚDE, na rua Campos, nº 177, bairro de São José, das 9h às 15h.

"Precisamos de uma nova abordagem e da mobilização de toda a sociedade, não apenas dos envolvidos no setor de saúde. Só assim conseguiremos reforçar a importância do exame preventivo. Nós já sabemos o que causa o câncer da pele e quem pode ter, portanto o exame é importante principalmente para os pacientes de risco", explica Dr. Marcus Maia, coordenador do Programa Nacional de Controle do Câncer da Pele. Ele reforça ainda que todos os brasileiros estão convidados a ir aos postos para exame preventivo gratuito neste dia. Contudo, a presença dos pacientes de risco é fundamental.

A presidente da SBD, Dra. Bogdana Victória Kadunc, ressalta a importância da ação no país, reforçando que ela está entre as mais importantes ações sociais da SBD e que, hoje, a entidade precisa que outros também abracem a causa, como forma de ampliar seu poder de mobilização.

"Ao longo de 13 anos, ela vem se tornando cada vez mais abrangente, e mobiliza dermatologistas de todo o país. Esta mobilização exige esforços e um esquema logístico bastante complexo, que são compensados pelo alto número de pacientes examinados e principalmente pelo fato de conseguirmos proporcionar o tratamento necessário àqueles atingidos pela doença", comenta a presidente, lembrando que pacientes atendidos pelas equipes médicas que apresentem suspeita de câncer da pele serão encaminhados para tratamento totalmente gratuito.

Os endereços dos locais de atendimento poderão ser consultados pelo site da SBD, e também gratuitamente pelo número 0800-7013187 (que estará ativo de 05/11 a 24/11).

Os números do câncer da pele

Em 2011, a ação de Combate ao Câncer da Pele da SBD atendeu a 31.697 pessoas, sendo que as mulheres foram maioria, com cerca de 20 mil atendimentos (60,75%). Participaram da ação de conscientização da SBD quase quatro mil médicos em 151 postos de saúde do País. Do total de pessoas examinadas, 61,76% confessaram tomar sol sem qualquer proteção e 12,51% foram diagnosticadas com câncer da pele.

No âmbito nacional, mais de 300 indivíduos, o que corresponde a 1% do total, apresentaram melanomas malignos - considerado o câncer da pele mais perigoso, pois está associado a metástases e, consequentemente, a maiores índices de letalidade. O diagnóstico precoce é determinante para garantir a sobrevida nestes casos e assegurar a escolha do tratamento mais eficaz.

No Brasil, de acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), o câncer da pele ainda é o tumor que mais atinge brasileiros, representando 25% de todos os tumores malignos. São estimados pelo Instituto 134.170 novos casos para 2012, sendo a maioria para mulheres (71.490).

Carol Campos

 


DE OLHO NO INSTAGRAM